Clube da Luta

Feb 15, 2019 3 min.

Você já percebeu que em Clube da Luta o personagem de Edward Norton não tem nome? Nos créditos ele é conhecido como “O Narrador”. Isso tem tanto a dizer sobre este pequeno clássico da contra-cultura mundial e americana que eu nem preciso me dar ao luxo de revelar qualquer spoiler sobre este filme. Apenas assista e entenda a mensagem que você quiser do velho blá-blá-blá sobre consumismo e dívidas. Ele é tão atual que há uma série inteira (Mr.

Eu, Eu Mesmo e Irene

Feb 15, 2019 2 min.

Não considero Eu, Eu Mesmo e Irene um bom filme. Não é um bom exemplo dos irmãos Farrelly (Débi & Lóide: Dois Idiotas em Apuros, Quem Vai Ficar com Mary, Passe Livre. Seu roteiro não foi bem trabalhado e depende de um narrador e situações inusitadas demais para juntar seus personagens. Mas algo que me incomoda: se ele nem é tão bom porque consigo me lembrar de praticamente todos seus momentos?

Neblina e Sombras

Feb 15, 2019 2 min.

A sombra e a neblina são os lugares perfeitos para Woody Allen perambular. É nessa incompreensão charmosa do caos que este filme vai se desenrolando quase que ao acaso. Não há culpados, apenas desavisados. Nós não sabemos do que o universo e um serial killer são capazes. Mas Allen está aqui para ajudar, dando um novo e merecido destino aos que não se importam em viver a vida, por mais nebulosa que ela seja.

Primeiro Ano

Feb 15, 2019 1 min.

Um filme sobre o tema vestibular teria tudo para se tornar monótono, mas aqui não é o caso. Montado de maneira dinâmica e oscilando momentos viscerais, de lutas por espaço na biblioteca e nas carteiras das salas, com pausas necessárias, como a troca de comida entre Benjamin e sua vizinha estrangeira, Primeiro Ano consegue colocar o espectador no lugar daquelas pessoas e os fazer quase que relembrar os esforços passados para tentar passar no vestibular.

Como a geração de Sai de Baixo se encontra com a geração Não me Toque

Feb 13, 2019 1 min.

A coletiva de imprensa para “Sai de Baixo: O Filme” pode ser resumida da seguinte maneira: uma trupe de militantes mimimi fazendo perguntas sobre sentimentos e o elenco do filme respondendo à altura sem sair do salto; muito pelo contrário, com muita propriedade: “temos que dizer uma coisa que todo pobre concorda e se identifica: ser pobre é ruim!“.

Tomates Verdes Fritos

Feb 10, 2019 3 min.

Eu me lembro de ter visto esse filme com minha mãe após ter alugado um DVD na locadora. O que ficou na minha mente por décadas foi a ternura com que a história se desenvolvida. Este é um drama no sentido clássico do gênero. Ele tenta fazer um apanhado histórico nos dando apenas a voz dos oprimidos e seus salvadores. Ou seja, ele é completamente manipulador. Mas é tão tentador acreditar em uma realidade em que só existem opressores e oprimidos.

Homem Livre

Feb 8, 2019 1 min.

Homem Livre está mais interessado em nos entregar inúmeros jogos de cena que nos fazem entrar em seu delírio sem nunca nos revelar o mecanismo por trás de sua dor. Há um ótimo momento onde Helio vê um vulto na cozinha de noite, mas quando acende a luz esse vulto desaparece. O que isso significa? Essa é a sua vítima? Mas por que ela está perseguindo seus sonhos? Quem é ela?

Dogman

Feb 7, 2019 1 min.

Dogman é um drama violento que se estabelece fácil como uma poesia realista das mazelas do mundo onde os fortes se aproveitam das barracas de frutas onde os cacetetes policiais não alcançam. Mas mais do que isso, e isso é importante: é um filme sobre um cúmplice. Não uma vítima. Não um pai de família. Não um ser humano digno de respeito. Um rato de esgoto. Que cuida de cachorros porque eles são os únicos seres vivos que poderiam lhe dar ainda algum tipo de respeito.

Clímax

Feb 6, 2019 3 min.

Eu me mantenho em forma o suficiente para subir escadas sem cansar e não ser um total vexame na cama. E posso dizer para família e amigos que cuido de minha saúde, em corpo e espírito. Como costumam dizer, eu me preocupo com meu bem estar. Mas quem são esses jovens de corpos sarados, e por que há tanta mágoa em seus corações? A mente e o corpo são uma unidade.

Gunnm (aka Alita)

Feb 6, 2019 2 min.

Curioso que sou, resolvi dar uma olhada no OVA dos anos 90 responsável por Alita: Anjo de Combate, blockbuster tecnológico com efeitos de captura de movimentos e expressão de fritar o cérebro humano. Com menos de uma hora, todos os momentos icônicos do longa metragem dirigido por Robert Rodriguez estão lá, jogadas da mesma maneira, sem esperança de uma narrativa coesa que trame a favor de alguma conclusão. Se trata de um vislumbre rápido e aleatório de um futuro distante onde certas coisas existem, e que no fundo nunca mudaram: ricos contra pobres, enganação, ilusão e o medo de fracassar na vida.