Missão: Impossível 2

Mar 17, 2019 3 min.

Quem diria que Thandie Newton, da série Westworld, era uma Hunt Girl da segunda aventura da série? E ela está um pitelzinho. Sua função no filme é ser uma delícia linda, basicamente. Se observarmos ela e o número de câmeras olhando para seu lindo rosto (e corpo), muitos em câmera lenta, vamos aos poucos entendendo todas as falhas desse que é o pior filme de todos os outros até agora. Ele é farofa em um mal sentido, ele é datado em sua estética e lembra tudo de ruim que estava acontecendo com os filmes de ação depois do nerd Matrix chegar e roubar a cena.

Missão: Impossível

Mar 17, 2019 4 min.

O primeiro “Missão: Impossível” é, em poucas palavras, velho. Em mais algumas palavras, há monitores de tubo, cabines telefônicas como único recurso de comunicação e filmes VHS na primeira classe de um avião. Estamos em 1996 e Brian De Palma aceita o projeto de transformar uma série televisiva farofa em algo além de sua música-tema inesquecível. E através de uma reviravolta básica, que fundamentou todos os plots da série no futuro, ele inicia uma franquia com chave de ouro.

Nova York, Eu Te Amo

Mar 17, 2019 3 min.

Todas as comédias românticas americanas se passam em Nova York. Todos os romances se passam em Nova York. Toda a carreira de Woody Allen antes das duas últimas décadas se passa em Nova York (OK, Noivo Neurótico, Noiva Nervosa não). Logo, ou “por quê??”, que tal mais um filme onde histórias se entrelaçam, só que dessa vez em Nova York? Essa cidade significa muito para os americanos. É a cidade com menos americanos na América.

O Parque dos Sonhos

Mar 14, 2019 1 min.

Ao misturar referências de outros filmes de maneira indecisa, O Parque dos Sonhos nunca chega a construir algo além do parque imaginado em brincadeiras de mãe e filha. Durante a aventura nos lembramos de Alice no País das Maravilhas, Meu Amigo Totoro, Divertidamente e até Jurassic Park, mas o próprio Parque dos Sonhos constrói seu universo sem personalidade, personagens marcantes ou aventuras dignas e, portanto, não se fixa em nossas mentes (como os trabalhos já citados o fazem, por exemplo).

Amadeus (versão do diretor)

Mar 13, 2019 3 min.

A grande sacada de Amadeus não é fazer uma biografia sobre Mozart estabelecendo o óbvio: ele foi um músico genial. Isso todos sabemos. O grande trunfo do filme de Milos Forman foi mostrar isso do ponto de vista de uma pessoa que desejaria mais que tudo em ser um Mozart, mas, como a maioria de nós, pobres mortais, teve que conviver com um fato amargo da vida: somos todos medíocres. Aliás, essa é a própria definição de medíocre.

Um Ato de Esperança

Mar 13, 2019 1 min.

Discutindo questões racionais, emocionais e religiosas ao mesmo tempo, Um Ato de Esperança nunca perde seu fôlego inicial, criando ao mesmo tempo uma atmosfera sufocante para sua heroína. A personagem de Emma Thompson não consegue o tempo e o espaço necessários para tomar decisões a respeito de sua própria vida, além de estar sempre acostumada a não utilizar suas emoções; o que acaba ironicamente nos lembrando do próprio jovem cujo destino está decidindo como seu oposto.

Maligno

Mar 13, 2019 1 min.

Se você gosta de terror “Maligno” paga o ingresso. Mas ele vem com uma conclusão que vai deixar gosto ruim na boca de justiceiros sociais, ao mesmo tempo que consumir por dentro em uma história que é à prova da razão humana. Não tentando reinventar a roda, o diretor Nicholas McCarthy usa a velha cartilha hollywoodiana do gênero em uma história que merecia um tratamento mais artístico. Porém, como a trama é boa do começo ao fim ela acaba adicionando um belo exemplar à antologia norte-americana, regionalizando o que poderia ser universal.

Capitã Marvel

Mar 12, 2019 5 min.

“Eu não tenho nada pra provar pra você”, diz Capitã Marvel para um homem. Fora a história em si há pelo menos mais dois significados para essa frase no filme. Primeiro ela se refere ao constante “desafio” feito às mulheres, como se por pertencer a outro gênero elas precisassem provar algo além do que se espera de um ser humano. E segundo, e mais importante, ela se refere à própria Marvel.

Cães de Aluguel

Mar 11, 2019 5 min.

Há uma entrevista no Blu-Ray do filme em que Michael Madsen (Mr. Blonde) comenta quando Kirk Baltz (policial Marvin Nash) pediu para colocá-lo no porta-malas do carro de Madsen e dar uma volta no quarteirão para estudo de personagem (o personagem de Baltz entraria em cena saindo desse porta-malas). Madsen concorda. O carro usado no filme é dele, mesmo. Ele sai pelo quarteirão, coloca uma música no rádio e se empolga.

Megarrromântico

Mar 10, 2019 4 min.

Eis que vemos, no começo do filme, uma criança pré-adolescente, um pouco obesa, mas não o suficiente para ser um caso grave. Detalhe: diferente do estereótipo ela não esta comendo compulsivamente como um problema crônico. Ela está assistindo a uma comédia romântica. O filme é Uma Linda Mulher, com Julia Roberts no papel de “sorriso de um milhão de dólares”, que recebe mimos de um milionário interpretado por Richard Gere. Ela sonha com este mundo mágico onde tudo é bonito e há finais felizes.