007 Os Diamantes São Eternos

Última aparição de Sean Connery (estranhamente intercalado com George Lazenby em A Serviço de Sua Majestade), Os Diamantes são Eternos é aquele tipo de filme que já começa a se caracterizar como homenagem dos filmes anteriores e da própria síntese do filme de espionagem de ação. Temos tiradas sarcásticas e momentos empolgantes que são ao mesmo tempo hilários, o que não diminui a tensão em momentos chave, como a aparição de um duplo vilão.

A direção de Guy Hamilton (Goldfinger) é precisa e as cenas de ação estão no nível do filme anterior (ainda que um pouco menos ambicioso). Os cortes são rápidos e os detalhes se perdem em meio ao charme e convicção de Sean Connery como o espião britânico mais famoso do Cinema.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2013-06-25 imdb