About Time

Dec 27, 2015

Imagens

Uma comédia romântica, ou até mesmo um romance, hoje se pauta mais em seus personagens do que sua narrativa. Até grandes títulos desses gêneros – como Harry e Sally ou filmes do Woody Allen – não são nada originais em seu desenvolvimento e, principalmente, seu desfecho. Porém, como não amar personagens tão carismáticos às vezes criados por performances memoráveis e falas idem?

No caso de About Time, escrito (Notting Hill) e dirigido (Simplesmente Amor) por Richard Curtis, seu roteiro e direção não seguem os clichês de sempre, mas seu desenvolvimento é irregular, nunca acertando o tom da história que pretende contar. E o fato de estar contando com uma semi-novidade – a viagem no tempo – deveria contar com mais momentos interessantes do que de fato contém.

A novidade, anunciada para o protagonista pelo deu pai, é que os homens de sua família podem viajar para o passado onde estavam e recriar esses momentos, aparentemente quase sem efeitos colaterais (diferente de um filme mais pesado com um tema semelhante, Efeito Borboleta). Seguindo à risca os conselhos do pai, o inseguro rapaz não usa seus poderes para ganhar dinheiro ou até ficar eternamente jovem. Bom, as regras sobre como isso funcionam são vagas demais para entendermos sua lógica interna, mas logo fica óbvio que este é apenas um subterfúgio (fraco) para um livro de auto-ajuda disfarçado de filme, além de algumas piadas que estariam em 110% das produções com essa mesma ideia (como fazer sexo várias vezes).

O triste é que as montagens um tanto video-clipe do casal principal em momentos diferentes se despedindo e se encontrando no metrô, a família adorável que toma chá à beira da praia por um dia inteiro, ou até mesmo a cena mais emocionante do filme, um casamento movido ao sucesso italiano Il Mondo e uma sequência inacreditável de erros em sincronia com uma vida espontânea, tornam seus personagens, queira ou não, dignos dessa aventura. E é triste justamente por essas pessoas estarem inseridas em uma história que não consegue dizer a que veio até o seu derradeiro final.

Que, convenhamos, prova a tese de que tudo não passou de um auto-ajuda para pessoas inseguras. Em busca do amor sem riscos.

Wanderley Caloni, 2015-12-27. About Time. About Time (UK, 2013). Dirigido por Richard Curtis. Escrito por Richard Curtis. Com Domhnall Gleeson, Rachel McAdams, Bill Nighy, Lydia Wilson, Lindsay Duncan, Richard Cordery, Joshua McGuire, Tom Hollander, Margot Robbie. IMDB.