Bem-Vindo!

Logo

Olá, caro cinéfilo! Aqui você irá encontrar a coletânea de textos escritos pelo aspirante a crítico de cinema Wanderley Caloni, criado e mantido desde 2010. São mais de 1500 textos sobre filmes e séries, de todos os gêneros, épocas e estilos.

Críticos que costumo ler:

Se quiser mais conteúdo sobre cinema segue uma lista de links úteis:

O Livro

Logo

Assistir filmes pode ser usado como entretenimento e fuga da realidade. E, de fato, a maioria das pessoas usa o cinema para isso (eu incluso). No entanto, como tudo na vida, esta forma automática de reagir ao conteúdo que nos é jogado para consumir não é a melhor maneira de interagir com o mundo, nem de aproveitar duas horas de lazer de sua vida.

O Cinema se construiu como parte integrante da era industrial, consequência quase que lógica do avanço do capitalismo e do fornecimento de bens e serviços para uma imensa massa que era antes excluída dos bens mais essenciais à vida humana. Isso torna tudo mais complicado, pois como pode, caro leitor, uma obra ser produzida como um produto, um empreendimento de risco, visando o lucro, e ao mesmo tempo conquistar corações e mentes, e, algumas raras vezes, elevar a comunicação audiovisual em um novo patamar estético e ser celebrado como uma nova forma de arte, talvez a mais completa e complexa que um ser humano poderá experimentar neste mundo?

Para que tudo isso faça sentido é vital que as pessoas assistam cada vez mais e mais filmes, pois apenas pela prática poderemos atingir a excelência em algo na vida. Porém, diferente de consumidores passivos, que deixam seu cérebro em uma tigela enquanto mastigam pipocas como zumbis observando a historinha que é colocada na sala escura cada vez mais cheia de pequenas telas dos celulares dos outros tipos de zumbis, é imperativo que usemos o cérebro e nossa mente como ferramentas de análise crítica do que nos é imposto pela mágica da projeção em 24 (ou 48) fps. Não aguentaremos mais os velhos formatos de uma mídia enlatada se conseguirmos projetar como consumidores ativos para quais tipos de obras dedicaremos nosso tempo e suado dinheirinho.

E é essa a humilde proposta do Cine Tênis Verde, um canal de textos pretensiosamente simples que buscam fazer rápidas análises de filmes de todos os gêneros, línguas, povos, públicos e orçamentos. Nesta primeira edição do livro você irá encontrar a compilação de cerca de 1300 destes textos, escritos desde a fundação do blog em 2010, indexados por título, ano da obra, diretor, roteirista, elenco e ordem de entrada no blog (a leitura natural do livro). Haverá vários erros de gramática e ortografia que não foram pegos a tempo, além de textos iniciais que apenas listavam anotações feitas durante o filme (algumas, quase nenhuma, com alguns spoilers… esteja avisado!).

Também há uma seção onde a ficha técnica de todos os trabalhos estão listadas, ao lado de uma clássica cotação de cinco estrelas. Os links entre textos e fichas existe para você poder caminhar com mais ou menos detalhes sobre o filme. Se preferir ler apenas os textos, apenas o diretor e o ano estarão especificados (além do ano em que o texto foi escrito).

Por fim, espero que goste. O conteúdo continuará sendo atualizado (e corrigido) no próprio blog (www.cinetenisverde.com.br), e futuras edições irão surgir para a comodidade de uma leitura fluida. E nosso objetivo continuará sendo entender que todo filme, assim como tudo na vida, é melhor apreciado com o cérebro.

Share on: Facebook | Twitter | Google