Ace Ventura 2: Um Maluco Na África

Nov 17, 2018

Jim Carrey está de volta em sua persona de detetive de animais para fazer todo tipo de piada politicamente incorreta na África. Agora ele precisa resgatar um animal sagrado da tribo dos… bom, quem se importa? É Carrey fazendo caretas e movimentos desengonçados que se desenvolvem bem como comédia, mas péssimo como história. Não se trata de um Carrey que se entrega de alma em um projeto coerente como Deby e Loide, mas somente um humorista fazendo humor de situações criadas especificamente para fazer rir, e não movimentar a história.

Como um hipopótamo de mentira que fica quente demais e o faz sair pelo buraco mais hilário que poderia existir.

O roteirista e diretor Steve Oedekerk, que já participou de projetos “semelhantes” como Kung Pow - O Mestre da Kung-Fu-São, aqui estabelece algumas lógicas que funcionam: todos estão trabalhando no modo automático para TV. Carrey é a figura que transcende isso e quer chamar atenção de todas as maneiras. Tudo segue muito o caminho da farsa, e o filme não se importa em não nos entregar uma história coesa, preferindo deixar o humorista de standup fazer seu trabalho. Funciona para risadas; mas não para o Cinema.

Imagens e créditos no IMDB.
Wanderley Caloni, 2018-11-17. Ace Ventura: When Nature Calls. EUA, 1995. Escrito e dirigido por Steve Oedekerk baseado nos personagens de Jack Bernstein (pra quê). Com Jim Carrey, Ian McNeice, Simon Callow. Comédia pastelão com traços televisivos.