Ace Ventura - Um Detetive Diferente

Jim Carrey possuía uma energia invejável. O seu timing cômico e sua atuação de exageros é responsável por praticamente todo Ace Ventura, o filme. Note como ele caminha na ponta dos pés de fininho e mastiga sementes de maneira completamente idiota, acumulando as cascas na mesa de sua cliente. Quando oferecido um cinzeiro, responde: “obrigado, eu não fumo; este é um ato nojento”.

Este é um filme que tenta seguir os passos de personagens como Pantera Cor de Rosa, Agente 86, Mr. Magoo e Colombo, só que sob o efeito de esteroides. Ace Ventura possui a afinidade com animais o suficiente para entendermos seu desprezo pela raça humana (exceto mulheres bonitas). Ou, melhor dizendo: o desprezo pelo lado pomposo e inútil da humanidade, que tenta vender uma imagem para fazer de ridículo os que não a seguem.

Como toda comédia do absurdo, o herói faz tudo que é condenável. Ele se comporta de maneira aloprada, às vezes nem consegue balbuciar frases inteligíveis. Porém, ele sustenta dezenas de animais em sua casa com o aluguel vencido, em uma típica tentativa de ganhar nossa simpatia, mesmo sendo a figura horrenda e bizarra de um animal.

Com uma direção que lembra séries policiais dos anos 80 (incluindo a trilha sonora), e um roteiro semi-inteligente, pois apela para resoluções absurdas demais, o que resta são as gags, que são aproveitadas ao máximo por Carrey, em um de seus papéis clássicos.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2016-05-29. Ace Ventura - Um Detetive Diferente. Ace Ventura: Pet Detective (USA, 1994). Dirigido por Tom Shadyac. Escrito por Jack Bernstein, Jack Bernstein, Tom Shadyac, Jim Carrey. Com Jim Carrey, Courteney Cox, Sean Young, Tone Loc, Dan Marino, Noble Willingham, Troy Evans, Raynor Scheine, Udo Kier. imdb