Carros 3

Carros 3 é a tentativa preguiçosa da Pixar – em plena crise de criatividade – em talvez finalizar a franquia menos atraente dos estúdios. O filme é uma volta ao saudosismo ao mesmo tempo que a passagem de bastão para o novo. Sim, estamos falando de Toy Story 3 com carros. E de maneira igualmente preguiçosa, eles pegam a nova moda de trazer heróinas independentes mulheres (e nesse caso, imigrante) para que o público feminino consiga se identificar com uma personagem (aparentemente, este é o único público desde que o Cinema foi inventado que precisa que os personagens sejam do mesmo gênero que o seu para se identificar). Com matte paitings lindos de morrer e uma trilha sonora evocativa (até demais), Carros 3 é mais do que deveria para uma história que não vale a pena. Jogaram o diretor estreante Brian Fee para esta furada e ele até que se sai bem. Se formos analisar desde o princípio, continuar uma “saga” que começa com um filme OK e outro sofrível, até que está de bom tamanho.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2017-07-08 imdb