Category: Movies

Artista do Desastre

Jun 5, 2018 4 min.

The Room é um filme especial para muita gente (eu incluso). A maioria dos filmes ruins são apenas filmes com um roteiro equivocado, baixo orçamento, atuações pedestres e uma direção perdida. Os sharknados da vida, por exemplo, são divertidos, mas foram já feitos sem a intenção de serem bons. E a saga Transformers apenas comprova que Michael Bay está cada vez mais senil. Já obras como The Room possui um charme em sua produção que transcende o trash, o gore ou qualquer outro atributo que você utilize para a categoria dos filmes ruins.

Festa da Salsicha

Jun 2, 2018 5 min.

Essa delícia de filme é aquele tipo de brincadeira que você vai aumentando com os amigos mais chegados e, quando vai ver, está produzindo um filme. Seth Rogen, Johah Hill, Evan Goldberg, Kristen Wiig e mais uma série de atores irreverentes auxiliam na escrita, produção (nenhum grande estúdio estaria por trás disso) e atuação (dublagem) desta animação que definitivamente não é para crianças, mas que poderia servir de lição para muitos adultos com algumas partes da mente ainda infantil.

Mob Psycho 100

May 28, 2018 3 min.

Mob Psycho 100 sofre do mesmo problema de Death Note: a primeira metade é fascinante e a segunda metade é quase insuportável. Isso porque a grande sacada da série – um paranormal super-poderoso que tem ambições onde o seu poder é inútil – se trai totalmente em um momento onde seu irmão é envolvido na trama principal e todos os valores do protagonista são automaticamente descartados apenas por capricho de um roteiro que pega uma excelente ideia e transforma em mais uma daquelas aventuras com pessoas poderosas que falam demais.

Toc Toc

May 26, 2018 2 min.

Este é um filme de mau-gosto. Ele explora como comédia diferentes tipos de Transtornos Obsessivo-Compulsivos. E ele não é de mau-gosto por causa do Politicamente Incorreto, mas justamente por causa dele. Como ele é leve demais se torna uma afronta usar a doença dessas pessoas para criar um filme sem graça, com piadas soltas e que não possui sequer personagens reais. Todos neste filme espanhol são estereótipos de criaturas que estão lotando os consultórios de psicólogos e terapeutas, afetados pela vida moderna.

Pantera Negra

May 24, 2018 3 min.

Uma desgraça o que o Império Britânico fez com os povos colonizados da África. E agora, após assistir Pantera Negra, eu não consigo deixar de me lembrar desse sotaque britânico inconveniente de Chadwick Boseman, que soa tão fake, mas tão fake, que chega a ser mais fake que a própria historieta do filme sobre recursos trazerem tecnologia e sobre a riqueza ser um jogo de soma zero. Até quando serão contadas as lendas sobre economia folclórica ou dívida histórica para nossos filhos?

The Room

May 24, 2018 6 min.

Este é um review encomendado pelos meus amigos, que insistiram que eu deveria ver e revisar este surpreendente jovem clássico. Sim, é claro que eu já sabia se tratar de um daqueles filmes famosos por estar em muitas listas de piores filmes já feitos, mas apesar de eu já ser um pouco fã do gênero trash acredito que eles conseguiriam muito mais a minha atenção se dizessem que você nunca viu nada igual.

Extraordinário

May 23, 2018 4 min.

São tão cansativos aqueles filmes que insistem em fazer o espectador chorar apenas “porque sim” que quando vem o primeiro choro de Extraordinário ele é tão natural, tão coisa simples, tão “uma criança diria isso”, que você chega a perdoar todas as vezes que o filme pretende levanta a bandeira da diversidade e de todos merecem uma medalha por existirem. Isso não quer dizer que este é um filme que vai além do drama americano de superar adversidades quando as adversidades são apenas alguns arranhões na pele.

Desejo de Matar (1974)

May 22, 2018 3 min.

O primeiro Desejo de Matar, de 1974, teve a censura nos cinemas colocada em 14 anos. O novo Desejo de Matar, com Bruce Willis, com uma história muito próxima (e sem peitinhos) saiu nos cinemas com censura 18 anos. Não imagino dado mais relevante para a mudança da cultura americana nas últimas décadas, onde sua população mudou de donos do próprio destino para cordeirinhos prontos para se deixar açoitar por criminosos de qualquer espécie pelo bem do pacifismo irracional e auto-destrutivo.

Deadpool 2

May 19, 2018 3 min.

Hollywood é preguiçosa e todo mundo sabe. Eles só querem saber de dinheiro e não são altruístas. E quando Deadpool surgiu com as brincadeiras da violência e linguajar exagerados (pelo menos para filmes de super-heróis), além da quebra da quarta parede, onde o mocinho conversa com o espectador e fica jogando referências do mundo onde essas histórias são criadas, seu sucesso de bilheteria virou um bilhete de loteria para sua primeira continuação, que segue passo-a-passo a mesma fórmula do primeiro.

Feliz!

May 16, 2018 2 min.

Happy! é uma feliz (que surpresa!) importada do serviço de streaming Netflix de um conteúdo da produtora Syfi, responsável pelos jovens clássicos Sharknado. Criado pela dupla Grant Morrison e Brian Taylor baseado nos quadrinhos criado por Morrison e ilustrado por Darick Robertson, esta aventura de ação policial distópica se passa em um universo onde há muitas brechas para o sobrenatural, mas ao mesmo tempo garante um realismo fantástico bem típico dos criadores de Adrenalina (1 e 2).