C.O.G.

Uma experiência religiosa ou uma auto-descoberta sexual? Uma visão romântica de nossas diferenças de princípios ou um drama que tenta soar engraçado? Se sentindo com múltiplas personalidades, C.O.G. pode muito bem se apresentar como uma visão religiosa do mundo, pois usa a maçã como uma espécie de símbolo do pecado (e da tentação) e mantém em sua história uma estrutura esquizofrênica tão conhecida dos religiosos mais fanáticos.

Este é o segundo filme de Kyle Patrick Alvarez e que apresenta a experiência de David/Samuel, um adolescente em época de faculdade com algumas dúvidas na cabeça e que resolve “fugir” (de maneira programada) para uma cidade agrícola e trabalhar nos campos de maçãs. Gay ainda não assumido (talvez nem para ele mesmo), veremos o rapaz se aventurar por todo o processo de colheita, escolha e venda de maçãs, e através disso andar meio-degrau em direção à sua maturidade, ao conhecer outros curiosos personagens que cruzarão seu caminho, para o bem E para o mal.

Ligeiramente inspirado em eventos pseudo-auto-biográficos de David Sedaris, um escritor e radialista conhecido por essas histórias, nunca saberemos o que é verdade e o que é invenção nessa sua história, mas o fato é que não existem acontecimentos fantasiosos o suficiente para supor que alguma coisa foi inventada. Sabendo que todos os eventos poderiam muito bem ocorrer na vida real, o filme passa a ser um gostinho melhor.

No entanto, como Cinema, falta um tom a ser escolhido, e parece que essa falta de tom leva o espectador a apostar nas medidas erradas. O diretor Patrick Alvarez não ajuda muito, pois ele arrasta excessivamente sua câmera por longas cenas que não têm hora para cortar. Sem saber qual o guia espiritual dessa empreitada, somos vendidos pelo pior caminho. Diferente de Wild, que flerta eficientemente com o feminismo como forma de auto-afirmação de Cheryl em sua jornada, aqui não há pistas o suficiente para entendermos quais as motivações de David. Talvez não seja nenhuma, e foi tudo uma grande e boba viagem em volta do nada.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2015-09-27. C.O.G.. C.O.G. (USA, 2013). Dirigido por Kyle Patrick Alvarez. Escrito por Kyle Patrick Alvarez, David Sedaris. Com Jonathan Groff, Tyra Richards, Beth Furumasu, Keiko Green, Kamyar Jahan, Danny Belrose, Zachary Vitale, Marvella McPartland, Tim Patteron. imdb