Construindo Pontes

Este é um documentário feito pela fotógrafa Heloísa Passos (e ela o fotografa muito bem). Ele começa tentando contar a história de Sete Quedas, soterrada pelas obras da Usinda de Itaipu, em plena ditadura militar. Ela resolve, então, ir entrevistar seu pai, engenheiro da época, mas mais voltado para a construção de pontes e linhas férreas. E o que se segue é a arte imitando a vida, com as discussões políticas mais que atuais. Heloísa filma tudo, principalmente suas discussões com seu pai, um senhor que de fala mansa apresenta sínteses curiosas, tanto da época da ditadura como da atual Operação Lava Jato. Concorde você ou não com ele, de qualquer forma ele mantém sua voz em um tom aceitável. Diferente de sua filha, que ao menor sinal de ser contrariada já sobe seu tom de voz e sai atacando no melhor estilo “mimimi” todas as explicações do pai. Talvez seja proposital, já que o resultado é um retrato fiel do bipartidarismo nacional, que briga constantemente nas redes sociais. Heloísa apenas trouxe essa briga para seu lar e ao vivo, no que se tranforma de certa forma em um estudo em primeira pessoa de como podemos ser tão irracionais ou intolerantes discustindo política.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2018-03-28. Construindo Pontes (Brasil, 2017), escrito por Stefanie Kremser, Heloísa Passos, Letícia Simões, dirigido por Heloísa Passos. imdb