Debi e Lóide 2

Jim Carrey e Jeff Daniels finalmente conseguiram realizar o remake do seu clássico de comédia e os irmãos Farrely estão dirigindo – do original de 1994 e de “Quem Vai Ficar com Mary?”, Passe Livre, “Eu, Eu Mesmo e Irene” e tantos outros.

Iniciando com pegadinha monumental que ainda faz o gancho com 20 anos atrás, percebe-se que nada se perdeu da dupla original exceto o seu primoroso roteiro. Tentando dessa vez realizar um paralelo com as cenas do primeiro, Debi e Lóide partem em busca da filha que Lóide descobre ter para que ela doe o rim para seu pai. Isso pede obviamente um road-movie, uma dupla de vilões para impedir e todas as esquisitices da história original. O problema aqui é que nem todas as piadas são… engraçadas. Eu sei que humor é uma coisa relativa, e eu sei que muitas pessoas podem até gostar mais da continuação, mas sejamos francos: a comédia mudou muito em 20 anos. Usar a mesma dupla de patetas corre esse risco quando as coisas saem um pouco atrasadas.

Dito isto, é preciso ressaltar que a participação dos atores originais é fundamental para que tudo funcione, diferente da tentativa frustrada de um prequel anos atrás. O carisma de ambos os personagens continua intocável, e mesmo que você não dê risada todo o tempo, vale a pena revê-los mais uma vez na tela.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2014-12-10 imdb