Djon Africa

| Wanderley Caloni

October 7, 2018

Djon Africa, dos documentaristas João Miller Guerra e Pedro Pinho, possui a enorme vantagem da pegada naturalista, quase um documentário, que dá autenticidade ao mesmo tempo que a fição é o pano de fundo dessa aventura além-mar. Os enquadramentos da dupla de diretores favorece o uso da paisagem como parte do que torna Djon uma figura da natureza. O personagem mesmo não importa, mas suas origens. E suas origens, como vamos aprendendo com o filme em sua segunda camada, não quer dizer apenas quem é seu pai, mas quem é seu povo, sua terra, sua língua, cultura e que remete até aos nossos descendentes mamíferos e répteis, cujos cérebros foram nosso primeiro modelo de realidade.

Imagens e créditos no IMDB. O texto de estreia será publicado no CinemAqui.

Djon Africa (Brasil, Portugal, Cabo Verde, 2018), escrito por João Miller Guerra e Pedro Pinho, dirigido por Filipa Reis e Guerra, com Bitori Nha Bibinha, Isabel Muñoz Cardoso, Miguel Moreira..