Elvira A Rainha das Trevas

Nov 8, 2013

Imagens

Aquela comédia sessão da tarde, leve e despretensiosa, que consegue ser digerida passo-a-passo sem maiores problemas. Esse modo inofensivo de Elvira é provavelmente seu ponto mais fraco.

Iniciando com a personagem-título (Cassandra Peterson) apresentando filmes trash em um programa televisivo que se aproveita de seus protuberantes seios para manter a audiência, logo a vemos em uma viagem em busca da herança de uma recém falecida tia-avó (que por sinal se chamava Mortiça) em uma cidadezinha cujos habitantes prezam pela moral. Dessa forma, assim como no romance e na novela global Gabriela, os bons costumes daquelas pessoas serão abalados pela presença da sexual e irreverente Elvira.

Porém, disse “sexual” sem a devida proporção. Essa é uma sessão matinê com censura livre. Desafiar a moral vigente daquele vilarejo é tão somente exibir seu generoso decote e dizer o que pensa. Digamos que para um divertimento leve há cenas picantes o suficiente.

É nessa gana de obter dinheiro e sucesso que a apresentadora de filmes ruins acaba fazendo parte de um. Essa ironia, ainda que tímida, é o que torna Elvira um espécime pelo menos interessante.

Wanderley Caloni, 2013-11-08. Elvira A Rainha das Trevas. Elvira: Mistress of the Dark (USA, 1988). Dirigido por James Signorelli. Escrito por Sam Egan, John Paragon, Cassandra Peterson. Com Phil Rubenstein, Larry Flash Jenkins, Cassandra Peterson, Damita Jo Freeman, Tress MacNeille, Edwina Moore, Mario Celario, Lee McLaughlin, Bill Swearingen. IMDB.