Fora do Figurino

Wanderley Caloni, November 1, 2011

Às vezes um filme pode ajudar a consolidar um conhecimento que fica na cabeça das pessoas, flutuando, inconsciente, mas que nem nos damos conta de que ele existe. Por exemplo: quantas vezes ao comprar uma peça de roupa (ou calçado) não nos damos conta que o tamanho anteriormente escolhido já não serve mais? Esse pequeno detalhe, que parece tão corriqueiro, no fundo é resultado de uma falta de padronização nas medidas do vestuário do brasileiro, e à adaptação (errada) do uso de medidas feitas com base no corpo de pessoas completamente diferentes, como um europeu ou um norte-americano.

Utilizando representantes de todas as esferas relacionadas com este problema, como costureiros, estilistas, políticos e os próprios usuários, o documentário de Paulo Pélico busca compreender a raiz desse problema tão conformado em nossas cabeças como algo imutável. A maneira com que a narrativa é feita faz com que aos poucos nos identifiquemos e relacionemos as mesmas dificuldades das pessoas que testemunham com nossas próprias situações vividas, o que torna a compreensão do problema muito mais simples (identificação primeiro, problematização depois).

O uso de uma edição que mantenha um ritmo tão eloquente quanto lógico em suas argumentações, sem nunca tornar o tema monótono, mas sim didático (sem soar burocrático) o longa sempre se atenta a explicar o básico sobre o tema e o que pode ser feito a partir do problema equacionado. O uso de atores conhecidos, além de ter apelo da influência que geram nas pessoas, também servem como exemplo de consumidores de outros mercados ao redor do globo, e a triste constatação que, se existe um país com dificuldades de adaptar a produção de vestuários à realidade de seu povo, é o nosso.

Pior ainda, conclui que a solução está muito mais distante do que poderíamos imaginar, fruto dos processos “burocratizantes”, que assim como para a infraestrutura, engessa cada vez mais o nosso progresso como nação. Apesar de não parecer o objetivo, é criado um paralelo entre o “jeitinho brasileiro” para ajustar as roupas recém-adquiridas (a maior parte das roupas entregues aos costureiros é nova) com o “jeitinho político” de sempre empurrar pautas de difícil resolução com a barriga cada vez mais pra frente.

Fora do Figurino ● Fora do Figurino. Fora do Figurino (Brasil, 2012). Dirigido por Paulo Pélico. Escrito por Paulo Pélico. ● Nota: 3/5. Categoria: movies. Publicado em 2011-11-01. Texto escrito por Wanderley Caloni.


Quer comentar?