The Fundamentals of Caring

2017/01/27

A Netflix tem um algoritmo de sua enorme base de dados para criar conteúdo novo. Deve funcionar mais ou menos assim: “pai que perdeu o filho e que agora terá uma provação/redenção; misturar com gente em cadeira de rodas (porque está na moda); usar road movie”. E pronto. Está criado um filme com esses elementos básicos, atores quase desconhecidos em uma direção e roteiro encomendados.

Esse tipo de filme faz sucesso com o público cativo de streaming. Ele é fácil de assistir, não precisa de muita atenção, tem algumas tiradas boas, e não deixa rastros na memória. Quase uma minissérie em um longo capítulo. A história é simples e direta: personagem com problema em encarar o divórcio após a morte acidental do filho faz curso para cuidar de pessoas e aceita o primeiro emprego que lhe cai no colo, o de um garoto problemático. Juntos eles vão se dar bem em uma série de flashes e ele vai abusar de sua confiança e levá-lo em uma viagem de uma semana para conhecer os lugares favoritos que mantém em um mapa.

No meio do caminho, como podem imaginar, encontram algumas pessoas. Duas, para ser exato. Essas pessoas representarão algo que cada um deles gostaria de ter para voltarem a viver “em paz”. O resto é usado para encher linguiça e ocupar uma hora e meia de episódio.

E temos mais um produto simples, rápido e fácil da produtora de streaming. Próximo!

★★★☆☆ Título original: The Fundamentals of Caring. País de origem: USA. Ano 2016. Direção: Rob Burnett. Roteiro: Rob Burnett. Jonathan Evison. Elenco: Alex Huff (Jodi). Donna Biscoe (Caregiving Instructor). Paul Rudd (Ben Benjamin). Julia Denton (Janet). Jennifer Ehle (Elsa). Craig Roberts (Trevor). Ashley White (Cute Travel Channel Girl). Matthew Pruitt (TV Reporter). Alan Boell (Courier). Edição: Christopher Passig. Fotografia: Giles Nuttgens. Trilha Sonora: Ryan Miller. Duração: 97. Razão de aspecto: 2.35 : 1. Gênero: Comedy. Tags: netflix

Share on: Facebook | Twitter | Google