Heróis de Ressaca

Uma comédia britânica que não se resume a boas risadas. Aliás, talvez você nem encontre boas risadas, dependendo do seu senso de humor. A questão é que há muita falta de timing cômico na maioria das cenas, tornando a atuação exagerada de Simon Pegg simplesmente exagerada.

No entanto, há uma história aí. Se trata de um homem que não conseguiu tocar sua vida depois do colégio, se limitando a definir a memorável noite em que ele e seus quatro amigos saíram pela cidadezinha onde moravam para fazer o circuito dos 12 bares, sendo que o último se chama Fim do Mundo. Após a narração épica de Gary, o vemos em um círculo de pessoas, fazendo o testemunho de algum grupo de apoio, e já com mais de 40 anos.

Obviamente ele precisa de ajuda, e vai buscar terapia tentando reunir seus amigos de outrora para finalizar o que havia começado quando ainda adolescente. Meio que realizando um pequeno milagre (explicável) ao realmente reunir todos para essa “aventura”, o que se passa depois faz par com Um Drink no Inferno.

O que parecia incômodo se torna bizarro, digno de um terror B de 50 anos atrás. Porém, há uma interessante questão sobre o conflito do politicamente correto, e a padronização de pessoas, lugares, comportamentos. Isso parece a evolução vista de longe (talvez até de outra galáxia), mas permanece uma dúvida: isso é liberdade? O que abre outra questão: o que é liberdade?

Nem todos os atores estão confortáveis em seus papéis. Pegg obviamente está. Seu parceiro eterno, interpretado em sua versão quarentona por Nick Frost, faz o que podemos chamar de arco, e é bem-humorado o suficiente para funcionar.

Realizando em seu terceiro ato uma espécie de debate intergaláctico entre a tal da liberdade e do progresso, a síntese do filme está em todas as idiotices que Gary e seus amigos realizam depois dos quarenta. Eles estão certos? Gary está certo? Ou já é certo se é livre? Quem diria encontrar questões filosóficas em um filme de bebedeira. Bom, como todo mundo que já encheu a cara em um bar, sabe que questões filosóficas emergem da caneca depois de algumas viradas.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2016-03-19 imdb