Hotel Transilvânia 2

Adam Sandler consegue a proeza de tornar a tosca dublagem brasileira menos pior do que ouvi-lo arriscar um sotaque que é uma mistura de Zohan com trechos de Little Nick.

Ele é o conde Drácula dessa sequência da animação onde a próxima preocupação do pai superprotetor é seu neto. Nascido de sua filha vampira e seu genro humano – claro que eles tiveram que casar antes – paira a dúvida em sua cabeça se ele se tornará um “monstro”, com suas presas de vampiro, se transformando em morcego e tudo mais, ou se continuará com a aparência e comportamento de uma singela, inocente e inofensiva criatura humana. Com a cara do pai humano, é isso que deixa Drácula possesso.

E é isso que o leva a pegar o carro fúnebre com seus amigos de longa data – Frankenstein, Lobo, Homem-Invisível e Geléia Estranha – para alguns experimentos que irão tentar fazer nascer as presas de seu pequeno neto, em um breve road movie noturno. O resultado é tão divertido quanto seu original, e pelo menos dessa vez existe um pouquinho mais de história, coesa, acontecendo.

Não que isso nos faça esquecer da dublagem de Sandler. Nem um pouco.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2016-02-22. Hotel Transilvânia 2. Hotel Transylvania 2 (USA, 2015). Dirigido por Genndy Tartakovsky. Escrito por Robert Smigel, Adam Sandler. Com Adam Sandler, Andy Samberg, Selena Gomez, Kevin James, Steve Buscemi, David Spade, Keegan-Michael Key, Asher Blinkoff, Fran Drescher. imdb