Irmandade

O longa caótico e desconexo de Pepe Diokno é justamente e apenas isso: caótico e desconexo. Desconexo não apenas no sentido narrativo, mas de conexão com o espectador. Como é impossível para nós nos conectarmos àquela realidade de Manila, devidamente manipulada em uma mistura de ficção e realidade, não é possível sequer sabermos qual a linha de raciocínio de um criador petulante que não consegue unir tomadas desconexas com significado ou empatia.

Dessa forma, as criaturas filipinas que observamos são nojentas, medíocres, maliciosas, ignorantes, maldosas e cruéis. Não há qualquer adjetivo que nos permita seguir em frente na identificação de protagonismo. Até Scarface tinha suas qualidades, mas aqui sequer sentimos a dor do próximo. Pior: fingindo um documentário, o resultado é ainda mais falso, pois muitas sequências são obviamente teatrais, e outras despertam a curiosidade apenas em detectar se é real ou não, mas ainda assim, sem significado.

A qualidade em estruturar começo e fim, com um vídeo do YouTube a respeito da irmandade de estudantes de direito, e o título em letras garrafais seguidas pelo seu idealizador, sugere um egocentrismo seguido de megalomania que flerta com Amos Gitai, o diretor-sionista homenageado por vitimizar uma raça. No caso das Filipinas, possivelmente a pior nação oriental que se tem notícia, que comprova que, mesmo com todas as virtudes orientais de funcionamento coletivo, a religião baseada em sacrifício parece transformar tudo em pó e em desgraça. Uma desgraça que é aparentemente celebrada aqui.

Roteirizado por três indivíduos, é difícil saber como é necessário três pessoas para esboçar esse fiapo de história. Há algo tão errado nas Filipinas, que talvez até seus idealizadores tenham sido atingidos pelo suposto câncer que submete essa sociedade cada vez mais em direção à desgraça moral.

★☆☆☆☆ Wanderley Caloni, 2016-11-02. Irmandade. Kapatiran (Philippines, 2015). Dirigido por Pepe Diokno. Escrito por Pepe Diokno, Lilit Reyes, Benjamin Gonzales Tolentino. Com Giancarlo Abrahan, Bianca Balbuena, Regina Belmonte, Bryan Bendanillo, Joenel Canaria, Barbie Capacio, Teddie Co, Menggie Cobarrubias, Milabel Cristobal. imdb