Liv e Igmar Uma História de Amor

Com certeza o diretor/roteirista Dheeraj Akolkar conhece a fundo o estilo dos filmes do diretor clássico sueco Ingmar Bergman, pois produziu um documentário que reflete exatamente a cinegrafia do autor e utiliza como pano de fundo seu romance e amizade com sua principal atriz: Liv Ullmann.

O filme quase todo é narrado por Ullmann no tempo presente, onde uma ilha belamente fotografada é o personagem principal das histórias envolvendo a atriz e seu diretor. Dentro dos mesmos moldes do excelente José & Pillar, a história não é sobre Bergman, mas sobre sua relação com Ullman. No entanto, diferente do filme de José Saramago, não há uma forte conexão entre o amante/amigo e o diretor, e acabamos por não saber praticamente nada sobre a rotina do aclamado cineasta, o que pode soar decepcionante em diversos momentos em que o longa parece tentar mergulhar em um estudo de personagem mais atento.

Utilizando excessivos fade-ins e fade-outs para narrar os episódios do casal, e demonstrando uma falta de imaginação preocupante em um trabalho exatamente sobre um diretor que primou por desvendar os sentimentos humanos, “Liv & Ingmar” carece de imagens de arquivo, mas, principalmente, de uma mente criativa que extraia mais de Liv do que o velho clichê de entrevista única.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2012-12-19 imdb