Los tentados

Primeiro longa do diretor Mariano Blanco, não existem muitas ideias a serem seguidas em Los Tentados, ou elas estão tão sutilmente colocadas ali que fica difícil encontrar base para qualquer tipo de interpretação.

Acompanhando a rotina de um casal pobre que mora próximo de uma praia e que mantém uma rotina quase que banal, o tédio explorado no filme encontra respaldo pelos longos e intermináveis quadros que não se fecham, como o que inicia a história com a moça dormindo de manhã na cama. Quase que no mesmo ritmo, um desejo inconsciente de perigo ou risco acompanha o casal, principalmente ele, que tenta consertar um cortador de gramas ligado na tomada, se agarra de bicicleta na estrada no carro do amigo e várias outras ocasiões que chamam a atenção para o que poderia dar errado.

Se a única maneira de percebermos isso é retirando todo o resto, seu desenvolvimento poderia até ser justificável, mas sua conclusão encontra o mesmo problema de timidez narrativa que prejudica o seu impacto da mesma forma, tornando uma ideia interessante para um curta em um cansativo e interminável longa de 83 minutos.

★★☆☆☆ Wanderley Caloni, 2013-10-26 imdb