Midnight Diner: Tokyo Stories

Oct 23, 2016

Imagens

Como uma versão japonesa, mas mais folclórica e… gastronômica? de Easy (série da Netflix sobre desembaraçar relacionamentos), Midnight Diner é fofo, pois apela para o jeito animê do japonês se comportar (e os atores colaboram, vivenciando personagens impossivelmente agradáveis), e um passatempo curioso. Parece que quanto menos sabemos dos detalhes da vida dessas pessoas fictícias, mais emblemática se torna a história, e mais torcemos para que tudo dê certo. Uma série que evoca esses sentimentos do seu espectador não pode ser tão ruim assim.

E de fato não é. Tendo como base o humilde restaurante em Tóquio do cozinheiro “Master” (Kaoru Kobayashi), que abre da meia-noite às sete da manhã, o restaurante encontra nesse período as mais peculiares pessoas com seus mais interessantes dramas, histórias ou meras curiosidades. O primeiro episódios é apaixonante pela diversidade e pelo empenho em todos em ajudar. A partir daí a série já conquista quem estiver interessado em passar pouco mais de 20 minutos viajando em um pequeno conto que une pessoas em torno da comida, e através da refeição noturna aproveita para despertar inspiração, amores e piadas espirituosas.

O japonês é uma criatura apartada da realidade, é o que parece se você apenas assistir esta série para se basear em sua cultura (e talvez um ou outro animê de comédia). O uso dos costumes para demonstrar como são relacionamentos, beijos, abraços e… sexo, é algo à parte também. Mais do que isso, na capital do Japão encontramos de madrugada motoristas de táxi mulheres, acompanhantes de boates, comediantes boca-suja, físicos premiados, mulheres fofoqueiras. Toda uma fauna (e flora) é criada em torno dos pratos típicos sendo criados, um a um, sempre um por episódio, pelo Mestre, que sempre observa e algumas vezes interage.

Se considerarmos que as capitais do mundo carecem de humanidade, “Midnight Diner” resgata parte disso, transformando um pequeno restaurante em um ponto onde as pessoas podem voltar a ser humanas novamente. E qual a melhor oportunidade de socializar no Japão do que em torno da mesa, diante de uma refeição agradecida por todos?

Wanderley Caloni, 2016-10-23. Midnight Diner: Tokyo Stories. Shinya shokudô (Japan, 2014). Dirigido por Joji Matsuoka. Escrito por Yarô Abe, Katsuhiko Manabe, Kensaku Kojima, Joji Matsuoka. Com Kaoru Kobayashi (Master), Saki Takaoka (Tamako Kawashima), Tokio Emoto (Hajime Nishida), Hiroyuki Motoi, Akira Sagara, Mikako Tabe (Michiru Kuriyama), Kiyohiko Shibukawa (Tadao), Mitsuki Tanimura, Yoshiyuki Morishita. IMDB.