Minions

Jun 27, 2015

Imagens

Minions é tudo de errado que existe nos filmes de Meu Malvado Favorito sem o certo que torna a equação balanceada. Dessa forma, não temos as adoráveis meninas (Margo, Edith e, claro, Agnes), nem o controverso, mas engraçado, Gru. Porém, você diria, os Minions fazem parte do lado da equação com as coisas certas. Certo? Sim, é verdade. Desde que eles fiquem limitados aos seus dois segundos de fama, mais ou menos o tempo necessário para que uma piadinha paralela envolvendo um ou mais deles ocorra. Como protagonistas de um filme inteiro, eles com certeza estão pendendo para o lado negro da força.

A história gira em torno do óbvio: os bonequinhos amarelos têm por “instinto” procurar o chefão o mal de sua época. Como eles surgiram, digamos, algumas dezenas (centenas?) de milhões de anos atrás, um dos primeiros chefões parece ter sido o T-Rex, passando daí a ser um representante dos humanos, e daí para algo mais específico até chegar a Napoleão, quando ficam perdidos no gelo e decidem regressar na década de 60, indo parar três desses amarelinhos em uma convenção de criminosos e serem contratados pela vilã mais malvada do mundo: Scarlett Overkill.

Sem conseguir unir as piadas (ruins) do filme em uma linha de narrativa que consiga definir quem é o protagonista nesta história, Minions sofre com um roteiro preguiçoso e uma direção idem. Sem Gru para salvá-los, eles passam a ser coadjuvantes de um filme sem (anti-)herói. Um triste spin-off para a série.

Wanderley Caloni, 2015-06-27. Minions. Minions (USA, 2015). Dirigido por Kyle Balda, Pierre Coffin. Escrito por Brian Lynch. Com Sandra Bullock, Jon Hamm, Michael Keaton, Allison Janney, Steve Coogan, Jennifer Saunders, Geoffrey Rush, Steve Carell, Pierre Coffin. IMDB.