Morte Na Escadaria (Staircase)

Jun 25, 2018

Imagens

Mais uma série que demonstra a incompetência e/ou a má fé do sistema americano de justiça. Ou podemos dizer a má fé de qualquer sistema de justiça estatal? Perdoem-me os religiosos, mas um sistema que paga juiz e advogado de acusação pela mesma folha não tem muitas chances de ser algo remotamente imparcial.

O que me chamou mais a atenção foi que o juiz era negro e uma das promotoras era mulher e negra, julgando um branco rico pela séria acusação de homicídio. Mas você não vai ver ninguém sugerindo o suposto racismo no sistema judiciário americano, não é mesmo?

Nem os idealizadores, documentaristas franceses que realizaram o brilhante e tenso Making a Murderer. Eles possuem a disciplina e competência de filmar, a pedido do acusado, um escritor famoso, o circo que se forma em torno da morte acidental de sua esposa, caindo da escada bêbada e sangrando até morrer. Se trata de um caso que exige ciência e razão para que não se confunda com agressão doméstica, até pelas fotos do estado da mulher, que parece ter sido duramente abatida.

Só que racionalidade não existe no condado de Durham, que apesar de bem ao norte da Carolina do Norte, ainda pertence ao Sul dos EUA, e o pensamento preconceituoso limitado e tendencioso de seus habitantes. Peterson não é bem quisto entre as autoridades. Ele é um escritor de sucesso e escreveu uma coluna política no jornal local onde tecia duras críticas a representantes do governo por lá. E como ele mesmo diz, ninguém se esquece quando é feito de idiota.

Além disso temos a situação da sexualidade de Peterson. Dentro de um casamento heterossexual em uma família formada por outro casamento e diversos filhas e um filho vivendo em harmonia por tantos anos, Peterson também tinha um lado homossexual conhecido apenas por sua esposa. Quando isso vem à tona é como se fosse sua declaração de culpado por homicídio estampado em sua testa.

Recheado de incongruências em seu processo, e nos dando de brinde sua conclusão em 2017 (os documentaristas estavam a postos para fechar seu arco da vida real), Staircase é um trabalho coerente do começo ao fim, que consgue aparar as arestas de um tortuoso processo, que no começo nos dá o benefício da dúvida de ambos os lados, mas que acaba descambando para o inevitável: a justiça humana possui falhas tão inerentes à nossa natureza, que a única coisa que nos resta é lamentar.

Wanderley Caloni, 2018-06-25. Soupçons. França, 2004. Com Michael Peterson, David Rudolf, Ron Guerette. IMDB.