Nico, 1988

Aug 24, 2018

Imagens

“Nico, 1988” abre uma janela sobre os últimos anos da artista Christa Päffgen (aka Nico), a ex-vocalista da influente banda Velvet Underground. O estilo niilista consciente de Nico é encarnado pela excelente Trine Dyrholm (A Comunidade), onde até as músicas são interpretadas por ela (de maneira a harmonizar com as cenas onde ela são cantadas). A insistência da diretora/roteirista Susanna Nicchiarelli em enxergar a situação da banda de maneira realista se torna uma mensagem triste e ao mesmo tempo necessária. Artistas influentes talvez só consigam sua inspiração tendo essas vidas sofríveis e no limite, mas isso não é um motivo para celebrar a derrota. Aqui as quedas do dia-a-dia não são lamentadas como algo desastroso, mas como simplesmente parte da vida. A sobrevivência de Nico e seus fãs como exilados não é algo a se lamentar, mas a se observar. Admirar, talvez. Olhe que lindo um mundo onde nem todos fazem parte do rebanho.

Wanderley Caloni, 2018-08-24. Nico, 1988 (Itália, Bélgica, 2017), escrito e dirigido por Susanna Nicchiarelli, com Trine Dyrholm, John Gordon Sinclair, Anamaria Marinca, Sandor Funtek, Thomas Trabacchi, Karina Fernandez, Calvin Demba e Francesco Colella. IMDB. Texto completo próximo ou após a estreia no CinemAqui (Source).