O Manuscrito Perdido

Wanderley Caloni, October 23, 2011

Fradique Mendes, um poeta e aventureiro português, amigo de Eça de Queiroz, viveu na região que foi primeiro abordada pelos portugueses no começo do século XVI, evento esse que nós brasileiros conhecemos como “Descobrimento do Brasil”. Esse evento, e muitos outros na história do país, no entanto, possuem ecos diversos na sociedade brasileira, como bem demonstra esse documentário de José Barahona. O mais relevante desse trabalho, porém, é constatar que esses ecos do passado continuam influenciando boa parte da nossa sociedade, e como ela é estruturada em torno da terra herdada.

O objetivo de Barahona é resgatar um suposto manuscrito escrito por Fradique ao deixar suas terras. Vítima de ódio de outros proprietários depois que este decide libertar seus escravos, o manuscrito é resultado de reflexões do poeta acerca da sociedade onde vivia.

Apesar da qualidade das imagens capturadas deixar a desejar (ou foi a projeção tosca, mesmo?) e até mesmo o foco nos entrevistados apresentar problemas sérios nos primeiros momentos, a decupagem merece destaque, pois possui uma lógica visual competente, mesmo ao sabermos que diversos pontos da trama foram “costurados” com a ajuda de atores.

Através de uma narração em off, somos levados a crer que o documentarista está sozinho nessa empreitada, e o fato da maioria das tomadas ser gravada com a câmera em tripé reforça essa impressão. Porém, mais isolado que o cineasta estão as comunidades que ele visita, que parecem alheias a tudo que ocorre no mundo, com as pessoas vivendo em seus microcosmos resultantes de mudanças sociais de séculos atrás.

Dessa forma, acompanhamos descendentes das tribos quilombolas, os primeiros escravos refugiados, assim como as tribos indígenas que, diferente da Amazônia, por estarem situados na costa do continente, sofreram influência direta por 500 anos.

E para terminar o caldo, indígenas e sem-terra disputam a posse de terras na mesma região, em um triste reflexo do que era naqueles tempos primitivos e que vem se repetindo de geração em geração, em um povo que pode carecer de muitos lazeres da vida moderna, mas que nunca deveria sentir falta do bem mais abundante no país: a própria terra.

Imagens e créditos no IMDB.
O Manuscrito Perdido ● O Manuscrito Perdido. O Manuscrito Perdido (Portugal, 2010). Dirigido por José Barahona. Escrito por José Barahona. ● Nota: 3/5. Categoria: movies. Publicado em 2011-10-23. Texto escrito por Wanderley Caloni.


Quer comentar?