O Pequeno Nicolau

Wanderley Caloni, June 2, 2010

O Pequeno Nicolau é aquele típico exemplo de filme fofinho que funciona pela dedicação de sua direção de arte em reconstruir a época com um esmero tocante, por seu roteiro que entende a mente das crianças, e como sua criatividade às vezes (quase sempre) extrapola os limites da vida real de maneira encantadora, por sua direção que não mede esforços para situar o ponto de vista de tudo que acontece através dos olhos do pequeno Nicolau do título, um personagem famoso em livros franceses.

Acompanhamos diversas peripécias dos meninos na escola, que tentam encontrar uma forma de se livrar do futuro irmãozinho de Nicolau que, ele imagina, virá logo. Acompanhar esses eventos episódicos é quase como assistir à novela Carrossel (mas em grande estilo, francês) em formato longa-metragem. Mesmo assim, encanta que o filme também confie em nossa identificação quase apenas com o universo infantil, pois é dali que surgem as melhores gags.

No fundo é um filme que confia quase que cem por cento na identificação do público com uma infância lúdica da escola. Confia tanto que o mais impressionante de todo o filme é a direção de arte completamente voltada para o universo de Nicolau (e seu reduzido tamanho, como diz no título), assim como uma escolha de elenco feita a dedo e que provavelmente tomou mais tempo da produção do que as próprias filmagens.

Imagens e créditos no IMDB.
O Pequeno Nicolau ● O Pequeno Nicolau. Le petit Nicolas (France, 2009). Dirigido por Laurent Tirard. Escrito por Laurent Tirard, Grégoire Vigneron, Laurent Tirard, Grégoire Vigneron, Alain Chabat, René Goscinny, Jean-Jacques Sempé. Com Maxime Godart, Valérie Lemercier, Kad Merad, Sandrine Kiberlain, François-Xavier Demaison, Michel Duchaussoy, Daniel Prévost, Michel Galabru, Anémone. ● Nota: 3/5. Categoria: movies. Publicado em 2010-06-02. Revisto em 2013, 2019. Texto escrito por Wanderley Caloni.


Quer comentar?