O Show de Truman

2013/10/20

Daria para escrever um livro sobre O Show de Truman, do sempre interessante roteirista Andrew Niccol (O Senhor das Armas, O Preço do Amanhã) e do simpático diretor Peter Weir (A Testemunha, Sociedade dos Poetas Mortos). Cheio de ideias que entrecruzam os dois mundos do entretenimento e dos espectadores, obviamente intercalando isso com nossa própria percepção do que é ser espectador (afinal, inevitável fazer o paralelo com o próprio Cinema), o filme é uma espécie de laboratório sobre o ato de assistir e ter o controle sobre nossas criações, sendo que o detalhe é quando essas criações fazem parte do mundo real.

E nesse sentido The Big Brother, o filme permanece mais do que atual: terrivelmente profético. Assistimos programas de TV pela possibilidade de acompanhar a vida de outras pessoas. Séries nos mantém curiosos a respeito do destino de seus fictícios personagens. Tudo isso, no entanto, está longe do fascínio das pessoas pela vida alheia. E nada mais compreensível que um show que explore essa vida alheia em proporções megalomaníacas fosse o maior sucesso de todos os tempos.

★★★★★ The Truman Show. USA, 1998. Direction: Peter Weir. Script: Andrew Niccol. Cast: Jim Carrey. Laura Linney. Noah Emmerich. Natascha McElhone. Holland Taylor. Brian Delate. Blair Slater. Peter Krause. Heidi Schanz. Edition: William M. Anderson. Lee Smith. Cinematography: Peter Biziou. Soundtrack: Burkhard von Dallwitz. Runtime: 103. Ratio: 1.85 : 1. Gender: Drama. Category: movies

Share on: Facebook | Twitter | Google