Os Raptores

Wanderley Caloni, June 5, 2019

Um dos DVDs perdidos por aqui é esse Os Raptores, policial brasileiro do final dos anos 60, que se você assistir vai chegar à seguinte conclusão: havia muitos Fuscas no Rio e as pessoas falavam um português formal muito engraçado.

Mas isso é normal. Meus avós falavam assim. O estranho é haver tantas informações nos diálogos desse filme. As testemunhas entregam praticamente um dossiê para o investigador, só faltando datilografar para os autos. Percebe-se também aquela tara por processo jurídico.

A direção é pedestre e engraçada, daquelas que sabemos que os atores estão sendo dublados (em estúdio) e com cortes entre as cenas que sabemos que foram feitas sob outra luz e provavelmente outro dia. Por outro lado é curioso o efeito de aproximar o rosto dos atores em diálogos, sabendo que não é possível colocar uma câmera àquela distância e manter o outro ator do lado. Nessa lista de gafes entra também as cenas que foram filmadas sem foco ou com foco oscilando.

A história é sobre dois golpes de sequestro relâmpago feito por uma quadrilha cujo mandante é uma pessoa erudita. Ele dá as ordens com um ar de conhecimento superior aos outros, mas ao mesmo tempo sentimos que ele também não é de confiança. A história é boa, mas a produção nem tanto. Ele se disfarça com peruca e barba branca, além de mancar, mas seus capangas nem isso percebem.

Este é um filme que hoje vale pela curiosidade. Acompanhar as investigações é uma atividade prazerosa no filme. Quem não gosta de um filme policial? Que tal ver como eram filmados no Brasil na década de 60 e produzidos por ninguém menos que Herbert Richers?

Imagens e créditos no IMDB.
Os Raptores ● Os Raptores. Brasil, 1969. Dirigido por Aurélio Teixeira que fez o roteiro com base na história de Acyr G. Ferreira. Com Sindoval Aguiar, Jotta Barroso, Maurício Barroso, Carlos Eduardo Dolabella, Ary Fontoura, Milton Gonçalves, Sebastião Vasconcelos. ● Nota: 3/5. Categoria: movies. Publicado em 2019-06-05. Texto escrito por Wanderley Caloni.


Quer comentar?