Os Reis do Ié-Ié-Ié

“Um filme é um documentário de sua época”, dizia um crítico cujo nome não me recordo. No caso de “A Hard Day’s Nigh”, cinquenta anos depois, isso não poderia ser mais verdade.

Dirigido por Richard Lester (Superman II), é o primeiro trabalho que o diretor realiza com os Beatles (mais tarde ele faria ainda Help! e Como eu Ganhei a Guerra, esse com John Lennon apenas). Ele retrata um dia na vida dos pop stars, quase sempre perseguidos por garotas onde quer que passem, e deixando seu empresário maluco com suas irreverências e fugas.

Várias gags são claramente inseridas ao acaso. A maior delas é um avô de Paul McCartney que viaja com os rapazes, e vive os colocando (e se colocando) em apuros, além de todos notarem que é um senhor “muito limpo”.

O fato é que Paul, John, George e Ringo eram rapazes carismáticos, e interpretando a si mesmos não parecia em nenhum momento uma tarefa difícil. O engenhoso desse trabalho é de fato o uso inventivo da câmera, que persegue os garotos usando enquadramentos e montagens que lembram o que hoje conhecemos como vídeo-clipes. Bom, não essa mídia naquela época. Logo, temos algo a mais nesse filme que nem o Cinema nem a TV ainda faziam. E o difícil aqui é não se sentir contagiado ou anestesiado com tanta energia natural que sai das inúmeras sequências agitadas do longa, quase sempre acompanhadas de uma trilha sonora.

Recheado de sucessos do álbum homônimo, o maior atrativo são os momentos musicais. O filme é um documentário e um musical ao mesmo tempo, além de ser uma ficção neo-realista. Há muitos momentos gravados da banda, mas nenhum colocado no formato de filme. A Hard Day’s Night é um legado que merece ser preservado.

★★★★☆ Wanderley Caloni, 2015-12-12. Os Reis do Ié-Ié-Ié. A Hard Day's Night (UK, 1964). Dirigido por Richard Lester. Escrito por Alun Owen. Com The Beatles, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison, Ringo Starr, Wilfrid Brambell, Norman Rossington, John Junkin, Victor Spinetti. imdb