Pela Janela

Dec 8, 2017

Imagens

Pela Janela é o longa de estreia da diretora Caroline Leone que explora os detalhes do cotidiano em tempo marcado de duas grandes metrópoles – São Paulo e Buenos Aires – e o grande pedaço de estrada que as separam. Ela apresenta Magali Biff em uma atuação econômica e eficiente. Ela é Rosália, uma trabalhadora da periferia com idade avançada que é demitida após 30 anos de serviço na mesma fábrica de reatores. São reatores que ela fabricava e ao perder seu sentido de viver ela perde sua reação. É seu irmão, José (Cacá Amaral), o responsável por levá-la a uma viagem que é uma co-produção Brasil/Argentina. José é uma pessoa simples que revela o brasileiro em estado natural. Rosália é pura alma, que sem palavras precisa se reerguer de um baque muito forte em seu ânimo de viver. A diretora e roteirista Caroline Leone tem um olhar peculiar para detalhes, como os azulejos de um tanque velho de lavar roupa, ou uma leiteira amassada usada para esquentar a água do café. Os lugares por onde este road movie passa são exibidos com toda a atenção. É o olhar do filme que nos cativa em uma história simples, sem muitos diálogos e muita paisagem. O tom aqui é de melancolia contemplativa que vai dando luz ao renascimento de Rosália. Quando isso se conclui não é preciso dizer para o espectador: ele sente.

Wanderley Caloni, 2017-12-08. Pela Janela. Pela Janela (Brazil, 2017). Dirigido por Caroline Leone. Escrito por Caroline Leone. Com Mayara Constantino, Cacá Amaral (José), Magali Biff (Rosália). IMDB. Em breve crítica no CinemAqui.