Peter Pan

Mais um reboot de uma história já recontada milhares de vezes em forma de desenho, live-action e que foi no começo uma peça adaptada para um romance. Pelo jeito a história do menino que não cresce nunca é fascinante pelo universo criado em torno dele. Infelizmente este novo Peter Pan não consegue ser tão ambicioso quanto as pretensões do mundo de fantasia, se limitando em sua narrativa em caminhar pelos caminhos seguros já marcados pela cartila básica de aventuras infantis. Não tem nem vergonha de se assumir plágio de obras icônicas como Indiana Jones e embutir Peter Pan Marca Registrada.

Iniciando antes do encontro de Peter com seu destino de conhecer a Terra do Nunca, esse filme reconta a história de uma maneira diferente, mostrando um Peter, Gancho e outros personagens mais jovens, mas repete a mesma história com personagens réplicas, como o pirata Barba Negra que está atrás dos pós de fada, misturando tudo em uma coisa só que soa previsível desde o começo, mas que pelos efeitos visuais e pela direção de arte extremamente competente – ainda que na maioria das vezes o diretor Joe Wright (Orgulho & Preconceito) passe batido pelos cenários – consegue deslumbrar em muitas e muitas cenas.

Encabeçado pelo pequeno Levi Miller, há um pequeno grupo de atores empenhados ao máximo para criar atmosfera na trama, desde os competentes, mas amarrados pelo roteiro, Garrett Hedlund e Rooney Mara (que fazem o casal romântico jovem que se odeia e se ama), até os divertidos vilões interpretados pelo ótimo Adeel Akhtar e pelo irreconhecível Hugh Jackman, que faz um Barba Negra que monta seu humor pelo desequilíbrio entre seus acessos de raiva e sua polidez inesperada, ou suas observações filosóficas aleatórias.

Com uma trilha sonora bem infantil, além de repetitiva, previsível e entediante, Peter Pan consegue manter sua fascinação tão só pelo elenco e efeitos, mas carece de um roteiro que dê um significado mais original ou mesmo interessante à trama. Se repetindo mais uma vez, esse Peter Pan acaba sendo esquecível como um passeio no barco pirata do Playcenter.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2015-10-15 imdb