Sobre Meninos e Lobos

Dono de uma cinegrafia invejável como diretor, Clint Eastwood aqui começa a demonstrar uma mudança dramática na maneira de contar uma história. Sem pressa para desenvolver a trama e ao mesmo tempo mostrando apenas o necessário para que se mantenha o suspense, o roteiro de Brian Helgeland caminha por igual na vida de cada personagem para que entendamos o peso de cada encontro e de cada diálogo. Além disso, as cenas possuem uma fluidez admirável ainda mais se considerarmos a quebra de ritmo que poderia surgir ao abordar tantos pontos de vista diferentes para um mesmo fato.

O elenco está afinadíssimo, mas Sean Penn e Tim Robbins possuem seus momentos particulares que roubam a cena e quase todo o filme. A trilha sonora consegue manter o clima de tensão e mistério quase sem se fazer notar, diferente da fotografia, triste, bela e azul, que surpreende a cada novo enquadramento de Eastwood, que utiliza o trabalho do fotógrafo Tom Stern para buscar organicidade de tanta beleza, como quando enfoca o personagem de Tim Robbins no escuro de um quarto, ou as diferentes cenas aéreas que parecem querer juntar todos os pedaços de uma só vez.

★★★★★ Wanderley Caloni, 2012-10-08 imdb