Sword Art Online - Segunda Temporada

A série japonesa de animação SAO (Sword Art Online) possui uma estrutura bem confusa. Essa segunda temporada é formada por duas histórias, assim como a primeira, mas diferente da primeira as histórias quase não têm relação.

Na primeira parte entremos em um jogo de tiros, o que descaracterizaria o nome da série não fosse a espirituosa referência a Star Wars e o menino que usa uma espada para desviar das balas. Kirito aqui adquire poderes sobrenaturais, o que é uma próxima escala aceitável considerando o desfecho da história anterior. Já Asuna possui muito mais novas experiências. Aprendemos como é sua família, e uma nova amizade (segunda parte) consegue abordar um dos melhores temas da série até agora, quiçá o melhor.

Pra variar, as sequências de ação funcionam quase todo o tempo. No entanto, como toda série comercial, existem episódios de enche-linguiça, e há um momento de tanta pausa nas lutas que o animê vira um quase-drama. Ainda assim, e a despeito de parecer em alguns momentos que estamos assistindo um vídeo do YouTube de jogadores online, SAO ainda impressiona pela construção de seus personagens principais, a interação entre eles e as reflexões sempre inspiradas da dualidade real/virtual (há um momento em que Asuna e Kirito admitem que não é tão relevante assim pontuar qual a camada real, uma vez que esta pode ser apenas mais uma camada de uma série infinita; nunca saberemos).

Sempre com um figurino de dar inveja a muitos animês, e se aproveitando das possibilidades dos mundos virtuais para criar sequências criativas, SAO sempre pode ser melhor do que é, mas no nível que está, já impressiona um bocado.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2014-04-16 imdb