Tá Rindo de Que?

Wanderley Caloni, April 9, 2012

Funny People, aqui no Brasil conhecido como “Tá Rindo de Quê?” e lançado diretamente para as locadoras por não ser um filme típico para o grande, mas limitado, público de Adam Sandler, é uma mescla entre drama e comédia, que está presente exatamente por ser esta uma história em torno de um comediante de sucesso que, como muitos no ramo, iniciou sua carreira na comédia de stand-up (entre eles, Jim Carrey, Robin Willians e Eddie Murphy).

George Simmons é aclamado pelo público e faz sucesso com seus filmes de humor duvidoso (Adam Sandler, quem poderia ser). Quando ele se vê diante de um problema de saúde que pode lhe dar apenas mais algum tempo de vida ele decide refrescar seu repertório de piadas e voltar a ter mais contato com o público de stand-up, como se quisesse um contato mais íntimo com seus admiradores e ao mesmo tempo anunciasse para todos de forma velada seu fim mais ou menos próximo.

Para ajudá-lo ele encontra Ira Wright, um comediante que ainda está no início (Seth Rogen) e que lhe consegue criar piadas interessantes. Ira, com seus problemas em relação a mulheres, é cômico e trágico ao mesmo tempo, o que, como uma síntese interessante da psique do comediante é o que parece melhor resumi-lo. Exagerado em sua ingenuidade, consegue ser tocante em alguns momentos, como ao admirar o jatinho que o espera para acompanhar Simmons.

Como comediantes que são, a vida desses sujeitos parece envolver sempre uma ou duas piadas em diálogos ocasionais, como se tirassem inspiração a partir daí, uma ideia muito poderosa, pois cria empatia para o público e os torna mais únicos em sua forma de fazer humor. Dessa maneira, enquanto Ira faz de maneira inconsciente piadas que evitam o contato feminino George aponta exatamente essa ferida no repertório do amigo, mostrando de maneira sutil o ressentimento que Simmons tem pelas pessoas.

Aliás, a atuação de Adam Sandler aqui pode-se dizer muito acima da média de seus trabalhos costumeiros, o que não também não implica em um grande papel. Competente assim como o resto do grupo e contido como deveria ser um comediante prestes a morrer, Sandler impressiona mais por querer representar alguém que não seja ele mesmo, apesar de ironicamente estar inserido em um personagem que diz muito sobre sua personalidade. Significativo também notar que, talvez devido às limitações nas atuações do elenco escolhido Judd Apatow tenha escolhido cortes frequentes em diálogos, mesmo os mais intimistas, demonstrando que muitas vezes apenas uma direção mais presente consegue extrair tomadas interessantes de atores na maioria das vezes medíocres.

No entanto, a história move-se pelo drama e é uma pena sentir a duração maior do que necessária em diversas cenas expositivas do caráter do protagonista, como se precisássemos acreditar que por trás daquele humorista cruel existe um ser humano que se preocupa com seus entes queridos. O que não deixa de ser curioso, pois é justamente a parte engraçada da trama que consegue informar no subtexto das piadas contadas e apenas isso bastaria para informar o espectador.

Imagens e créditos no IMDB.
Tá Rindo de Que? ● Tá Rindo de Que?. Funny People (USA, 2009). Dirigido por Judd Apatow. Escrito por Judd Apatow. Com Adam Sandler, Seth Rogen, Leslie Mann, Eric Bana, Jonah Hill, Jason Schwartzman, Aubrey Plaza, Maude Apatow, Iris Apatow. ● Nota: 4/5. Categoria: movies. Publicado em 2012-04-09. Texto escrito por Wanderley Caloni.


Quer comentar?