Tag: Curtas

Vidas de Carolina

Jan 12, 2017 2 min.

O curta documental Vidas de Carolina é o primeiro trabalho da diretora Jessica Queiroz. Ele aborda a vida de uma catadora de lixo reciclável e seu talento para a narrativa. A ideia era mostrar que a capacidade pode vir de qualquer lugar e que muitos não conseguem reconhecimento por falta de oportunidade. Infelizmente, essa oportunidade também é perdida em seu filme. Carolina, já falecida, mantinha suas histórias em um caderno.

O Destino de Miguel

Sep 11, 2016 1 min.

Graças às leis de propriedade intelectual não temos muitas produções desse tipo, mas felizmente temos algumas. E essa, produzida de forma profissional por grandes nomes da dramaturgia brasileira, realiza um curta-metragem mais que necessário como extra de DVD do filme Shakespeare Apaixonado, aquele hollywoodiano que ganhou Oscar porque… porque… bom, porque não é dublado como O Destino de Miguel. A história é conhecida por todos que possuem internet há mais de 10 anos.

Os 10 melhores filmes dos anos 90... 1890!

Sep 11, 2016 3 min.

Esta é uma ótima seleção feita pelo saite A.V. Club, que contém para variar vários trabalhos do genial Georges Méliès, além também dos trabalhos mais técnicos de Thomas Edison. É preciso lembrar que a sétima arte estava apenas engatinhando. 1 “Workers Leaving The Lumière Factory In Lyon” (1895) Um primeiro exemplo do cotidiano, que não quer dizer nada em particular, mas que já documenta uma rotina da época, e hoje é um dos melhores exemplos dos curtas iniciais do cinema.

O Jardim das Palavras

Aug 6, 2016 2 min.

Makoto Shinkai tem um apuro visual muito interessante. Adentrando em uma megalópole para narrar este conto intimista entre uma professora e um aluno, ele consegue encontrar os quadros perfeitos para animar e dar a sensação, através do som, de estarmos de fato experimentando um dia-a-dia naquela cidade movimentada que contém em seus dias de chuva um refúgio secreto entre duas pessoas. É nos galhos dobrados de uma árvore, que parecem ao sabor do vento rasparem na água do lago, ou em um pássaro que sobrevoa em volta de um arranha-céu, ou até mesmo no movimento de um pé que brinca com seu sapato, que O Jardim das Palavras recebe um tratamento especial.

Kung Fury

Oct 29, 2015 2 min.

Este curta (média?) metragem mistura anos 80, raptors, cop-raptor, arcades, Hitler, hackerismo, gostosas medievais, lasers, Thor, Kung-Fu, viagem no tempo, uma profecia e esse é apenas o começo de uma salada que apela para o absurdo usando efeitos digitais grotescos que se tornam caricatos e conseguem manter pelo menos meia-hora de um sentimento de confusão, identificação e êxtase juvenil. Afinal de contas, em que universo paralelo você pensou que veria um dinossauro lutar contra uma água dourada nazista?

Pedaço de Papel

Nov 3, 2011 1 min.

Esse curta de 18 minutos fez sua publicidade internacional com o uso inteligente da narração fluida (quase um plano-sequência completo, encoberto por cortes de cenário), ausência de diálogos (para evitar legendas) e, o mais importante, a ausência de identidade. Não é possível afirmar ou até mesmo sugerir onde a história do filme é passada. Sabemos que tudo o que acontece na narrativa existe no Brasil, e sabemos do triste círculo vicioso da violência através de trabalhos mais cerebrais como Tropa de Elite.

Viagem à Lua

Sep 1, 2011 3 min.

O francês Georges Méliès foi um dos privilegiados que assistiu à famosa primeira projeção (coletiva) de Cinema da história: A chegada do trem na estação. E ficou maravilhado. Ao ganhar um protótipo de câmera criado por Robert William Paul, um cinematógrafo da época, ficou tão entusiasmado que saiu por aí filmando o cotidiano de Paris. Até que, sem querer, a câmera parou de rodar. Ao iniciar nova filmagem, percebeu que a ação na filmagem não batia com a sequência que estava gravada: nascia o stop-action, ou stop-motion.