Temporada

| Wanderley Caloni

January 11, 2019

Retrato natural do cotidiano de uma cidade e sua cultura sob o ponto de vista de um ser humano em mudança, “Temporada” seguia por um caminho tão bonito, sutil mas incisivo, individualista, e que vai de repente em encontro com interesses alheios ao filme: a cartilha do feminismo militante. E é quando a revolução se torna lugar-comum que o romantismo se perde para sempre; vira clichê: enquanto em um relaciomanento com uma pessoa que foi se afastando com o tempo gera o estereótipo da mulher casada presa eternamente ao marido, cortar o cabelo diferente e ter seus crushes por diversão gera o estereótipo da mulher independente que faz o que quiser, desde que “o que quiser” seja cortar o cabelo diferente, etc. Independente do destino da protagonista, ela se encontra em um filme inesperadamente maniqueísta que precisa colocá-la em um estereótipo; de preferência o que agrade os valores dos produtores e do diretor.

Imagens e créditos no IMDB. O texto de estreia será publicado no CinemAqui.

Temporada (Brasil, 2018), escrito e dirigido por André Novais Oliveira, com Grace Passô (Juliana), Russo Apr (Russão), Rejane Faria (Lúcia), Hélio Ricardo (Hélio)..