Top Gang 2! - A Missão

2017/03/05

Top Gang 2! é mais uma comédia-paródia de trabalhos da época. E é um trabalho hilário. Primeiro porque ele reúne o maior número de gags por segundo. E segundo porque ele abraça o besteirol sem qualquer ressalva. Quando as flechas de nosso herói acabam, ele simplesmente olha para o chão e acha a galinha-flecha que ele precisava. Esse é o nível de insanidade do trabalho de Jim Abrahams.

Abrahams não apenas dirigiu e escreveu este Top Gang 2, como o original, toda a série “Corra Que A Polícia Vem Aí”, “Apertem os Cintos… O Piloto Sumiu” e o clássico (como se esses já não fossem) “Top Secret!”. A coletânea de piadas que todos esses filmes nos fornecem, considerando que a maioria envelheceu bem, é inestimável.

Aqui tudo parece correr bem, e uma cena se liga a outra de maneira dinâmica. Todo o contexto da história da missão de resgate, com a femme fatale, o amor antigo e até a tentativa de quebrar o recorde de filme mais violento, tudo se encaixa perfeitamente nas decisões megalomaníacas do filme. A sequência em que o casal que irá dormir junto é mirada pelo chofer é hilária do começo ao fim. É uma piada que vai ganhando com seu crescimento, em vez de soar repetitiva. Ela funciona como gag e se transforma na maior piada sobre o tema do gênero.

Charlie Sheen é o garanhão mais falastrão do cinema na época, e consegue com facilidade reprisar seu papel em Top Gang. E Lloyd Bridges é com certeza o tiozinho mais sem-noção que o gênero de comédia já teve. Porém, é Valeria Golino que verdadeiramente rouba a cena, pois sua atuação é tão orgânica, e mulheres geralmente se saem tão mal em comédias pastelão, que ela praticamente serve de exemplo do que deve ser feito para que sua personagem consiga ser o interesse amoroso e ainda assim ser hilária do começo ao fim. Ela não se furta de brincar com sua própria persona de grande amor para tal, e se disfarça de homem com um bigode postiço impagável.

Top Gang 2 é um filme onde as gags se acumulam em um nível absurdo, e apenas no final há um certo descompasso entre elas e o que vemos na tela. De qualquer forma, o formato de usar o clichê para se aproveitar e espancá-lo com todas as piadas prontas boladas para cada cena é genial. Se você piscar muito, poderá assistir mais duas ou três vezes este filme. Ele terá algumas piadas que você perdeu na primeira vez.

★★★★☆ Título original: Hot Shots! Part Deux. País de origem: USA. Ano 1993. Direção: Jim Abrahams. Roteiro: Jim Abrahams. Pat Proft. Elenco: Charlie Sheen (Topper Harley). Lloyd Bridges (Tug Benson). Valeria Golino (Ramada Rodham Hayman). Richard Crenna (Col. Denton Walters). Brenda Bakke (Michelle Rodham Huddleston). Miguel Ferrer (Harbinger). Rowan Atkinson (Dexter Hayman). Jerry Haleva (Saddam Hussein). David Wohl (Gerou). Edição: Malcolm Campbell. Fotografia: John R. Leonetti. Trilha Sonora: Basil Poledouris. Duração: 86. Razão de aspecto: 1.85 : 1. Gênero: Action. Estreia no Brasil: 28 May 1993. Tags: netflix

Share on: Facebook | Twitter | Google