Um Agente em Apuros

Essa é comédia britânica estilo anos 80, mas foi filmada em 2001. Passou no SBT (TV aberta) essas noites, por conta do falecimento de Omar Shariff esse mês. Shariff participa pontualmente, pois o “astro” é Steve Coogan, quase um sócia de Steve Carrel, mas que depende mais de gags. Coogan, pode-se dizer, manda bem.

A história é de um agente da condicional que testemunha um assassinato em que a polícia está envolvida. Sabendo da existência de uma fita que gravou todo o ocorrido, parte em busca dela, que foi guardada em um cofre de um banco (???) pela gangue de bandidos. Para conseguir reavê-la forma uma equipe com todos os criminosos que conseguiu “reabilitar”: meia-dúzia. Conta também com a ajuda de uma policial bonitona que obviamente é o interesse romântico do nosso herói.

Esse é um filme no estilo piadas vem e vão, mas o contexto se mantém no aceitável. Há algo de interessante em acompanhar toda a estratégia do grupo, mas algo ingênuo em suas atitudes. Porém, desconfio que seja essa mesma atitude que faz com que o humor funcione. Sem lições de moral, com gostinho de paródia, um “RED: Aposentados e Perigosos” um pouco mais coeso, embora quase tão facilmente esquecível.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2015-07-14. Um Agente em Apuros. The Parole Officer (UK, 2001). Dirigido por John Duigan. Escrito por Steve Coogan, Henry Normal. Com Steve Coogan, Emma Gilmour, Susan Jane Tanner, Iain Mitchell, James Smith, Om Puri, Steven Waddington, Ben Miller, Emma Williams. imdb