Um Amor À Altura

Jun 3, 2016

Imagens

Comédia romântica francesa não parece nem francesa nem comédia. Porém, o romance está no ar, e é a melhor parte do filme. Diane (Virginie Efira) se apaixona pelo pequeno Alexandre (Jean Dujardin), e o sentimento é recíproco. Nada poderia dar errado nesse relacionamento, se não fosse pelas pessoas em volta.

Pior: para azar do casal, eles estão em um filme onde as pessoas são exageradamente sinceras (ou rudes) a respeito do que sentem quando veem, o que gera diversas situações supostamente cômicas. Além disso, muitas vezes o filme apela para o pastelão sem muito contexto, onde andar com um carro na contramão ou ser atropelado diversas vezes por um cachorro pode parecer engraçado, mas é só forçado e datado. Além disso, coisas como guardanapos colocados em um móvel impossivelmente grande para uma pessoa baixa insultam a inteligência do espectador.

Ainda assim, como disse, o romance entre os dois personagens/atores funciona, são diálogos interessantes, embora com um tema limitado. Alexandre não é tão baixo assim, e Diane não é tão fabulosa assim. De quaquer forma, naquele universo de pessoas grotescas, qualquer pequena diferença vira um escândalo.

Wanderley Caloni, 2016-06-03. Um Amor À Altura. Un homme à la hauteur (France, 2016). Dirigido por Laurent Tirard. Escrito por Marcos Carnevale, Laurent Tirard, Laurent Tirard, Laurent Tirard, Grégoire Vigneron, Grégoire Vigneron, Grégoire Vigneron. Com Jean Dujardin, Virginie Efira, Cédric Kahn, Stéphanie Papanian, César Domboy, Edmonde Franchi, Manoëlle Gaillard, Bruno Gomila, Camille Damour. IMDB. Texto completo próximo ou após a estreia no CinemAqui.