Um Amor À Altura

Comédia romântica francesa não parece nem francesa nem comédia. Porém, o romance está no ar, e é a melhor parte do filme. Diane (Virginie Efira) se apaixona pelo pequeno Alexandre (Jean Dujardin), e o sentimento é recíproco. Nada poderia dar errado nesse relacionamento, se não fosse pelas pessoas em volta.

Pior: para azar do casal, eles estão em um filme onde as pessoas são exageradamente sinceras (ou rudes) a respeito do que sentem quando veem, o que gera diversas situações supostamente cômicas. Além disso, muitas vezes o filme apela para o pastelão sem muito contexto, onde andar com um carro na contramão ou ser atropelado diversas vezes por um cachorro pode parecer engraçado, mas é só forçado e datado. Além disso, coisas como guardanapos colocados em um móvel impossivelmente grande para uma pessoa baixa insultam a inteligência do espectador.

Ainda assim, como disse, o romance entre os dois personagens/atores funciona, são diálogos interessantes, embora com um tema limitado. Alexandre não é tão baixo assim, e Diane não é tão fabulosa assim. De quaquer forma, naquele universo de pessoas grotescas, qualquer pequena diferença vira um escândalo.

★★★☆☆ Wanderley Caloni, 2016-06-03 imdb