Um Drink no Inferno

Um filme da década de 90 com George Clooney e Quentin Tarantino como protagonistas (e o último como roteirista) e dirigido pela catarse chamada Robert Rodriguez (O Mariachi, Era Uma Vez no México, Planeta Terror, Machete). Não contente com essa reunião extraordinária, o gênero de Um Drink no Inferno oscila elegantemente entre um drama policial (também religioso) e o terror materializado por um bar onde vampiros se alimentam de seus clientes.

Tarantino está assustadoramente trash como o psicopata estuprador Richard Gecko, irmão mais novo do frio e calculista Seth (Clooney), que está tentando fugir para o México com o resultado de um assalto a banco. No caminho acabam sequestrando a família do ex-pastor Jacob Fuller (Harvey Keitel) que no momento sofre de uma crise de fé. Essa crise, como poderemos ver a partir do segundo ato, possui um significado maior do que inicialmente elaborado.

Com cenas tensas construídas desde o início (como a explosão da loja de conveniência), Rodriguez só não perde o controle do absurdo graças ao roteiro coeso e redondo de Tarantino, que consegue extrair desse absurdo um pouco para refletirmos sobre o que não fazer quando estiver cercado por vampiros demoníacos.

★★★★☆ Wanderley Caloni, 2012-09-19 imdb