Um Final de Semana em Hyde Park

Feb 8, 2014

Imagens

Apesar de ótimas atuações — especialmente Bill Murray como o rouco presidente Franklin D. Roosevelt e Samuel West como o gago Rei da Inglaterra — e de uma fotografia, direção de arte e figurino extremamente afiados com a época (EUA pós-depressão), há algo presente por toda a narrativa de Roger Michell (Um Lugar Chamado Notting Hill, Fora de Controle) que desagrada a tal ponto que nos esquecermos de quais os temas tratados, que seria o encontro de dois chefes de estado com “peculiaridades” que os tornam claramente diferentes do ideal de perfeição almejado por seu povo, e que por isso mesmo lhe dá liberdade de possuírem esquisitices de mais.

O problema é a narrativa em off de Daisy (Laura Linney), interesse amoroso do presidente, que apesar de não estar presente em todos os momentos de sua vida acaba virando a detentora do título de protagonista (sem motivo). Note como o encontro privado dos dois líderes não poderia ter sido mostrado no que se assemelha a memórias de Daisy, nem as conversas íntimas entre o rei e a rainha. No entanto, o filme escolhe ignorar sua própria estrutura, o que compromete toda a experiência.

Wanderley Caloni, 2014-02-08. Um Final de Semana em Hyde Park. Hyde Park on Hudson (UK, 2012). Dirigido por Roger Michell. Escrito por Richard Nelson. Com Bill Murray, Laura Linney, Samuel West, Olivia Colman, Elizabeth Marvel, Olivia Williams, Elizabeth Wilson, Martin McDougall, Andrew Havill. IMDB.