What Happened, Miss Simone?

Os documentários da Netflix estão cada vez melhor. Sempre ricos em conteúdo e em temas, estão começando também a ser reconhecidos para premiações como o Oscar. Esse ano temos dois, ambos baseados em cantoras famosas. Um deles é sobre Amy Winehouse e sua carreira relâmpago e sua morte precoce.

E o outro é este What Happened, Miss Simone?, que conta a história da cantora, música e ativista de uma maneira cronologicamente certinha, mas que mantém a narrativa intensa durante todo o tempo. Com a ajuda de testemunhos, entrevistas, fotos e performances musicais, o filme dirigido por Liz Garbus pretende traçar um paralelo entre a pessoa casada com seu empresário, revoltada com as cicatrizes da segregação negra americana e também aquela pessoa estranha no palco, que se desequilibra facilmente quando alguém se levanta no público ou insiste em ficar conversando durante sua performance.

O que ocorre é uma bem-sucedida viagem por terrenos bem distintos, mas que se juntam para essa difícil tarefa. Utilizando uma edição dinâmica que pula rapidamente no tempo e espaço, aprendemos que Simone nasceu Eunice Kathleen Waymon e aprendeu a tocar piano desde criança na igreja de sua mãe, foi descoberta por uma professora de piano branca, foi rejeitada em uma instituição por ser negra, cantou em bares da meia-noite às sete da manhã se disfarçando do que seria seu nome artístico, casou-se com quem seria seu empresário, e de quem apanharia violentamente em uma espécie de simbiose maluca.

Parecem muitos eventos para pouco tempo. E é. No entanto, o auto-controle do documentário consegue trazer tudo isso de uma maneira fluida e dramatizar ao máximo a vida da cantora. Até quando vemos sua fase de ativista, seu extremismo (ou sua aproximação das correntes extremistas) revelam uma pessoa pronta para explodir, e que procura por detonadores por todos os cantos.

Quando finalmente é descoberta uma doença-chave para que sua filha, também produtora, descobrisse o que há por trás de tantos altos e baixos da mãe, What Happened, Miss Simone? parece voltar à normalidade. O que resta é uma pessoa estranha à sua época, ou melhor dizendo, em uma época que não está certa para essa pessoa. E mais uma vez voltamos para o início do século passado…

★★★★★ Wanderley Caloni, 2016-02-17 imdb